phone 

62 3110 5757

62 9 8610 7777

11 9 7533 5757

                                                 NOVIDADES SOBRE MICROSCOPIOS

 

Não se sabe ao certo, mas acredita-se que microscópio tenha sido inventado em 1590 por Hans Jansse, mas Leeuwenhoek por volta de 1650 a 1700 fez as primeiras observações microscópicas de materiais na área biológica.

Os microscópios podem ser ópticos que ampliam a imagem por meio de um feixe de luz, e os microscópios eletrônicos que usam um feixe de elétrons para alcançarem ótimas ampliações, usados mais em pesquisas científicas.

Koehler é um dos métodos de iluminação de microscópios frequentemente usada, evita alargamento e formação da imagem. Consequentemente, é essencial para atividades tais como a fotografias no microscópio.

Modalidades de observação em microscópios ópticos: Campo claro, Campo escuro, Contraste interferencial, Polarização, Contraste de fase, Fluorescência, Microscópio invertido, laser e Microscópio estereoscópico.

Partes do microscópio

  1. Ocular
  2. Objetivas e revólver
  3. Platina
  4. Charriot
  5. Macrométrico
  6. Micrométrico
  7. Diafragma e condensador
  8. Espelho
  9. Braço
  10. Base

Microscópios tradicionais

O Nikon Alphaphot, que mesmo sendo um microscópio anterior à atual linha Eclipse, responde muito bem às necessidades do laboratório clínico com boa qualidade e resolução de imagens, possibilita bom rendimento. A empresa Nikon produz bons equipamentos na linha de câmeras digitais, não é diferente com equipamentos direcionados à microscopia.

Novidades

A novidade fica por conta do microscópio digital USB muito utilizado por pessoas que trabalha com manutenção eletrônica o mesmo é bem simples de ser utilizado,bastando apenas plugar na porta USB,e instalar seu respectivo software e Pronto, está na tela do computador. Oferecem uma ampliação de 20x, 50x e 200x. O aumento proporcionado não permite ótimas visualizações. Se desejar pode gravar. Ainda carece de análise mais aprofundada, apresentamos aqui uma simples observação sobre este equipamento.

Outra novidade é este adaptador de microcâmera para microscópio biológico ou cirúrgico, permite acoplar várias marcas e modelos, diretos no microscópio, possibilitando fotografar o material encontrado e assim podendo transmitir a imagem para o computador e inseri-la no resultado do exame.

DP71 é uma câmera digital, para integrar o microscópio, colorida refrigerada de 12.5 megapixels e 12 bits, que oferece alta sensibilidade, resultando em imagens com resolução ultra-alta de 4080 x 3072 pixels, imagens, AVI ou MPEG-1, possui Software intuitivo e fácil de usar.

Câmera digital USB para microscópios captura de imagens definição de 640 x 480 pixels através do ponto do USB permitindo que a câmera seja usada em todos os microscópio com o adaptador de 23mm ou de 30mm de fácil instalação, permite edição das imagens. Compatível com Microsoft Windows 95/98/98se/Me/2000 e XP. Transmite imagens vivas do microscópio direto no computador usando o software suportado ULEAD (incluído).

Microscópios modernos

Microscópio de Fluorescência, este é da Olympus os recursos e benefícios oferecidos por este equipamento:

  • Alta eficiência de fluorescência além de observação estéreo.
  • Observação perfeita de 4x a 125x.
  • Razão de zoom de até 31 vezes.

Microscópio de pesquisa biológica uma das opções é o Nikon Eclipse E600
Apresenta uma ótica infinita revolucionária CFI60 da Nikon proporciona uma melhoria de desempenho imenso em todas as aplicações.

Ideal para microscopia epi-fluorescente e outras aplicações sofisticadas, o E600 abre novas dimensões para as aplicações de pesquisa avançada.

O microscópio CX41 da Olympus adapta-se a áreas clínica médica laboratorial e educacional

  • Proporciona imagens nítidas e claras até os limites do campo de visão (4x, 10x, 40x, 100x óleo)
  • Oculares de F.N. 20 ou 22
  • Tratamento antifungo.